Educação a Distância: Dificuldades Práticas e Potencialidades no Polo de Teófilo Otoni, em Minas Gerais

Utilize este link para referenciar este recurso externamente: https://canal.cecierj.edu.br/recurso/16966

  • Título: Educação a Distância: Dificuldades Práticas e Potencialidades no Polo de Teófilo Otoni, em Minas Gerais
  • Autor(es): Edimilson Eduardo da Silva;Eduardo Martin Moreira Costa
  • Instituição: Fundação CECIERJ
  • Tipo: EaD em Foco
  • Data: 28/12/2017
  • URL: http://dx.doi.org/10.18264/eadf.v7i3.586
  • Código do Recurso: 16966
  • Descrição: A educação a distância tem se destacado como uma nova forma de acesso ao ensino superior em todo o Brasil. Neste contexto, este artigo tem por objetivo descrever a prática e o nível de compreensão de algumas ferramentas do ensino superior da modalidade a distância da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), no polo de Teófilo Otoni, em Minas Gerais. A abordagem empregada caracteriza-se como quantitativa e qualitativa. Utilizaram-se como ferramentas de coleta de dados a pesquisa bibliográfica, a observação participante e um questionário semiestruturado (misto). Outra fonte utilizada no estudo foi uma consulta pública no Grupo de Apoio ao Aluno (GAA). Este artigo teve como categorias analíticas as definições e conceitos contidos nos Referenciais de Qualidade para a Educação Superior a Distância. Como embasamento legal, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), no intuito de buscar subsídios legais importantes na análise da relação existente entre a realidade do EAD e as normas que regulamentam esta modalidade de ensino superior na UFVJM. Os dados coletados demonstraram os seguintes fatores limitantes da compatibilidade das práticas de ensino EAD, na opinião dos entrevistados: a infraestrutura do sistema EAD, material didático e equipe multidisciplinar. Em relação às potencialidades destacam-se o nível de compreensão da plataforma Moodle, as vídeoaulas e a flexibilidade de horários de estudos. Pelos dados da pesquisa documental do GAA, verificou-se como maior dificuldade prá- tica a falta de retorno (feedbacks) por parte dos professores e tutores. Por meio da análise da pesquisa, e apoiado em parte por pesquisa bibliográfica, infere-se que o sucesso da modalidade de ensino EAD depende de sua compatibilização com os referenciais de qualidade e normativas que abrangem o atendimento às dimensões relativas aos aspectos pedagógicos, aos recursos humanos e à infraestrutura.
© Canal CECIERJ 2021