A Teoria Educacional de Ausubel e a Interação Docente-Discente Sob o Olhar Vigotskiano Durante uma Pandemia: uma Breve Reflexão

Utilize este link para referenciar este recurso externamente: https://canal.cecierj.edu.br/recurso/17664

  • Título: A Teoria Educacional de Ausubel e a Interação Docente-Discente Sob o Olhar Vigotskiano Durante uma Pandemia: uma Breve Reflexão
  • Autor(es): Renato Corrêa da Silva Lessa
  • Instituição: Fundação CECIERJ
  • Tipo: EaD em Foco
  • Data: 26/08/2021
  • URL: http://dx.doi.org/10.18264/eadf.v11i1.1510
  • Código do Recurso: 17664
  • Descrição: O tema deste artigo surge em meio às dificuldades enfrentadas durante a pandemia do coronavírus, destacando a necessidade de prosseguir o conteúdo didático sem o uso de salas de aula físicas. Inicialmente, a rápida inclusão das tecnologias digitais de informação comunicação, como forma de contornar os impactos do isolamento social no ensino, é discutida pontuando cuidados e estratégias fundamentais que docentes precisam ter em mente. A partir disto, é feita uma reflexão pautada na teoria Ausubeliana, onde os cuidados com a significação dos conceitos e os conhecimentos prévios do estudante são fundamentais. Ainda, pontos pertinentes acerca da nova interação docente-discente são brevemente discutidos com base nas ideias de Vigotski. Conclui-se deste levantamento que a profissão docente está sujeita a desafios inimagináveis, como a necessidade de se reinventar rapidamente. Ainda, as teorias e pensamentos de Ausubel e Vigotski se demonstram imunes às intempéries temporais, sendo úteis para traçar planejamentos iniciais e de longo prazo em meio a uma pandemia.
© Canal CECIERJ 2023