Caminhos da Política Nacional de Formação de Professores na Modalidade a Distância

Utilize este link para referenciar este recurso externamente: https://canal.cecierj.edu.br/recurso/16339

  • Título: Caminhos da Política Nacional de Formação de Professores na Modalidade a Distância
  • Autor(es): Camila Silva Sousa Santos;Gilda Helena Bernardino de Campos
  • Instituição: Fundação CECIERJ
  • Tipo: EaD em Foco
  • Data: 30/04/2016
  • URL: http://dx.doi.org/10.18264/eadf.v6i1.332
  • Código do Recurso: 16339
  • Descrição: Este artigo tem por objetivo examinar os caminhos percorridos pelas políticas públicas de formação de professores na modalidade a distância, através da rede pública de educação superior, a partir de três seções: a escolha do Estado brasileiro pela modalidade a distância na formação inicial e continuada de professores, apoiando-se em Kingdon (2007) para explicitar a eleição de tal política; a criação da UAB e a formação de professores como sinônimo de democratização do acesso ao ensino superior brasileiro pela rede pública de educação a distância (EaD); e a escolha da Capes para a operacionalização das políticas de formação de professores no país. O trabalho teve como procedimento metodológico a análise documental de leis e decretos que nos levaram a afirmar que as políticas nacionais de formação docente, através da UAB e da Parfor, movimentaram a EaD da periferia para o centro das políticas do MEC e, desde 2009, buscam novos caminhos com a operacionalização pela Nova Capes.
© Canal CECIERJ 2022